6 de abril de 2007

Mahaleb (Mahlep)

O pó mahaleb é obtido do caroço do fruto que nasce na árvore prunus mahaleb, também conhecida por abrunheiro-bravo, cerejeira-de-Santa-Lúcia, cerejeira-mahaleb, mahaleb, Santa Lúcia ou cerejeira-brava. Trata-se de uma variedade de cerejeira-brava que cresce principalmente na Turquia e no Médio Oriente.


O seu fruto é uma variedade de cereja e possui um sabor amargo mas agradável, entre a amêndoa e a cereja.


O mahaleb é extraído do núcleo seco do caroço deste fruto. É utilizado moído, maioritariamente na confecção de pastelaria e doces de colher, sobretudo na Turquia e no Médio Oriente.



Também tem aplicação farmacêutica, tendo sido largamente utilizado no passado como remédio tradicional para o tratamento da malária, e actualmente na produção da aspirina e como ingrediente de numerosos xaropes medicinais. Também é utilizado como aroma no vermute e em perfumes.

Desde 1958 que é produzido vinho em Tokat, uma província da Turquia. As vinhas foram criadas nesta zona por missionários da Escola Jesuíta que foi fundada em Tokat em 1881. Um dos produtos aí produzido é o vinho licoroso de mahaleb, classificado como vermute. Apesar da popularidade desta bebida, a produção do licor de mahaleb tem vindo a decrescer de ano para ano devido à produção cada vez mais escassa de mahaleb.

A árvore começa a florescer no final de Março e dá fruto no final de Junho, que pode ser vermelho ou preto.

O fruto e as folhas são depois secos ao sol durante uma semana e lançados ao ar num dia ventoso para que as folhas secas se separem do fruto.
Actualmente estes frutos depois de secos são vendidos a preços muito baixos, o que faz com que seja cada vez mais rara a produção de mahaleb.

O mahleb em pó, com aplicação culinária, pode ser adquirido na Turquia nas lojas Lokman Hekim (ervanárias) e na maior parte dos supermercados.

8 comentários:

Anónimo disse...

Anónimo said...
Blog muito bem... Extraordinario...Parabens..Planta interessante.. Livre De Castello.

Verena disse...

Lídia, quanta coisa interessante, nunca havia ouvido falar desse fruto nem da especiaria que se produz com ele. Você usa??? Será que no Brasil se encontra???
Como foi a Páscoa?
Um abraço!

www.mangiachetefabene.wordpress.com

Lídia Lopes disse...

Olá Verena,
Eu uso Mahaleb e aprecio bastante. Não sei se se pode encontrar à venda no Brasil. Se encontrar diga-nos!
Abraço

Anónimo disse...

Sim, existe aqui no Brasil, conheço uma marca que distribui essa e outras especiarias, chamado Bombay herbs & spices veja no site www.bombayfoodservice.com.br (normalmente compro esses produtos em um supermercado chamado st. marche em Sao paulo, na Vila Leopoldina.
Abs

Bu disse...

Cara Lídia,
Adoroooooo o seu blog...
de à unstempos para cá só tenho feito receitas turcas :)
Sabe onde posso encontrar mahaleb à venda em Portugal?

Lídia Lopes disse...

Nunca vi mahaleb à venda em Portugal.

marie poirier disse...

Ah!! quando puder...vou conhecer a TURQUIA.

Estou vendo a novela turca "FATMAGUL" e no res
taurante da personagem...vê-se essas DELICIAS
da GASTRONOMIA TURCA...!!! Maravilha!
Nham!!...nham...!!! nham....!!!

marie poirier disse...

Ah!! quando puder...vou conhecer a TURQUIA.

Estou vendo a novela turca "FATMAGUL" e no res
taurante da personagem...vê-se essas DELICIAS
da GASTRONOMIA TURCA...!!! Maravilha!
Nham!!...nham...!!! nham....!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...linkwithin_text='Poderá também gostar de:'