19 de dezembro de 2007

O Natal na Turquia

O Natal na Turquia
Pai Natal na montra de uma loja em Ancara

A Turquia, como país muçulmano que é, não celebra o Natal. No entanto, muitos dos símbolos do Natal, como o Pai Natal, a árvore de Natal e as iluminações típicas do Natal já enfeitam as montras de algumas lojas e estão espalhados pelo interior e exterior dos centros comerciais.

O Natal na Turquia
Árvore de Natal na entrada de um centro comercial de Ancara

Estas decorações marcam a chegada, não do Natal, mas sim do Ano Novo. Também se encontram à venda todos os enfeites típicos do Natal, e alguns Turcos muçulmanos fazem a árvore de Natal nas suas casas para receberem o Ano Novo. Também é tradição a troca de presentes no Ano Novo.

Meias de Natal
Meias de Natal com motivos dos tapetes turcos

O Natal na Turquia
Enfeites de Natal no interior de um centro comercial de Ancara

Vive na Turquia uma minoria cristã com relativa expressão que celebra o Natal e cumpre as suas tradições, composta na sua maioria por cristãos ortodoxos que celebram o Natal no dia 7 de Janeiro.
Algumas igrejas estão encerradas ao culto e funcionam como museu. No entanto, existem diversas igrejas onde os cristãos podem praticar o seu culto e cumprir o seu calendário litúrgico, nomeadamente o Natal. Istambul tem várias igrejas abertas ao culto, enquanto que em Ancara praticamente só existem as que funcionam nos jardins de algumas embaixadas. Este ano o Ministério da Cultura decidiu abrir também ao culto a igreja de São Nicolau, em Demre, na província de Antália.

O Natal na Turquia
Pais Natal vendem lotaria do Ano Novo no interior de um centro comercial de Ancara

A Turquia tem mais a ver com o Natal do que aquilo que geralmente se pensa, e até do que aquilo que os próprios Turcos pensam. O São Nicolau, que inspirou a figura do Pai Natal, nasceu e viveu no século IV na Turquia, mais precisamente em Demre, na costa do Mar Mediterrâneo. Também a primeira celebração do Natal teve lugar na Turquia.

O Natal na Turquia
Montra de loja num centro comercial de Ancara

No entanto, actualmente, quer o dia 25 de Dezembro para os católicos, quer o dia 7 de Janeiro para os ortodoxos, passa praticamente despercebido na Turquia, sendo ambos dias normais de trabalho.
Em termos de gastronomia turca para o Natal, não há obviamente nada a destacar. Nos dia 24 e 25 de Dezembro e nos dias 6 e 7 de Janeiro, vários pratos típicos da quadra e de diversas regiões do mundo, vão encher as mesas de várias casas espalhadas pela Turquia.

Ver também: O Pai Natal nasceu e viveu na Turquia e mais fotos sobre este tema.

5 comentários:

Marizé disse...

Lidia, que interessante!

Adorei saber mais e ver as fotos.

Beijocas

Eduardo Luz disse...

Lídia, primeiro grato pelos parabéns. Segundo, até que enfim você conseguiu comentar lá no Da Cachaça pro Vinho. Você viu que eu coloquei uma parte do teu post sobre o vinho turco ( deu até uma pequena polêmica com o Luiz Horta, um especialista em vinhos daqui pois eu coloquei uma foto de uma vinícola argentina!). E terceiro, parabéns pelo Cozinha Turca que continua muito interessante e ultrapassando ( e muito bem) o limite do blog de culinária prum de cultura de primeira linha. É sempre bom aprender sobre a cultura de outros países e você está nos dando uma lição sobre a Turquia.

Eduardo Luz disse...

Ah! Esqueci de dizer que farei a receita da rabanada do jeito que você postou pois achei muito interessante.

Brikebrok disse...

Por acaso até sabia que o St Nicolas era turco !
Bom Natal !

Anónimo disse...

Cozinhas de design português
Cozinhas NLD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...linkwithin_text='Poderá também gostar de:'